Recentemente, o programa da Minha Casa Minha Vida Caixa passou por reformas. As notícias iniciais, quando por ocasião do presidente Michel Temer assumir o cargo, davam conta de que seria o fim do Caixa Habitação. Mas o programa habitacional do governo mostrou-se de fôlego renovado.

O fim do Minha Casa Minha Vida Caixa?

Devido às incertezas do futuro do programa mcmv e da situação em que o país encontrava-se, era natural, naquele momento, que todo o tipo de notícia circulasse, até mesmo as mais tristes, dando como certo o fim do programa Minha Casa Minha Vida.

Índice:

Publicidade:

O fim de 2016, porém, foi esperanças renovadas para todos aqueles que estão aguardando sua vez de conseguir sua casa prória através do financiamento Caixa Econômica. E a sequência de notícias boas nos traz uma certeza: o programa da casa própria está mais forte que nunca e com a injeção de recursos, é um dos que mais tem a atenção do governo federal.

Mudanças nas Faixas do Programa

O Programa teve mudanças na renda máxima das faixas 1,5 e 2. A Faixa 1 permaneceu a mesma, com o mesmo limite e mesma taxa de juros. Confira abaixo como ficou:

Faixa Renda Familiar Mensal Taxa de Juros
1 Até R$1.800,00 0%
1,5 Até R$2.600,00 5%
2 Até R$2.600,00 5,5%
Até R$3.000,00 6%
Até R$4.000,00 7%
3 Até R$ 7.000,00 8,16%
Até R$ 9.000,00 9,16%

As mudanças nas faixas assim como incremento da faixa 1,5 e aumento do limite da renda mensal fez com que houvesse novas contratações, especialmente na faixa intermediária 1,5, possibilitando que mais e mais pessoas possam ter a sua casa própria!

Novas contratações do programa Minha Casa Minha Vida Caixa 2017 (Fonte: Notícias Caixa)

Quitação de débitos com o FGTS

Agora, as casas financiadas pela CEF (Caixa Econômica Federal) que estiverem com débitos, poderão utilizar os recursos do FGTS para a quitação de até 12 parcelas atrasadas. Até o fim de 2016, apenas três parcelas podiam ser quitadas dessa maneira.

Em Fevereiro de 2017, um novo anúncio do governo federal ampliou as possibilidades de compra de casas financiadas pela CEF. Novas condições, aumento nos subsídios, faixas de renda ampliadas para participação no programa e outras medidas visando facilitar a contratação de financiamentos para casa própria e incentivar o emprego de mão de obra nas construções de novas unidades.

Acesso à cidadania através da CEF

Além do trabalhador brasileiro, o maior beneficiado com as medidas do governo, a CEF sai fortalecida com as decisões. Dessa maneira, fica cada vez mais clara sua posição como instituição que disponibiliza os benefícios e direitos do cidadão brasileiro, oferecidos pelo governo federal, possibilitando o acesso à cidadania e a sua casa.

Veja as demais matérias em nosso site onde apresentamos TUDO que você precisa saber sobre o programa junto a Minha Casa Minha Vida Caixa!

Matéria Relacionada:

Veja:  Minha Casa Minha Vida Suspenso? Como você foi atingido

Pin It on Pinterest

Shares
Compartilhe...